sexta-feira, 28 de setembro de 2007

2º Encontro de Etnias abre inscrições


O 2º Encontro de Etnias está com inscrições abertas para apresentações culturais e exposição de alimentos e artesanatos típicos. O evento, que tem como tema “Diferentes, sim! Desiguais, não!”, tem como objetivo celebrar as diversas etnias que fazem parte de Porto Alegre. O encontro ocorrerá no dia 14 de outubro, a partir das 14h30min, no salão da Paróquia São José da Vila Nova (R. Rodrigues da Fonseca, 1459), com o tema “Diferentes, sim! Desiguais, não!”. Os interessados deverão contatar pelo e-mail encontrodeetnias@gmail.com ou pelos telefones (51) 3248-5232 e (51) 3226-8800.

Joana Paloschi
joanahp@gmail.com
MTB: 11119
(51) 81845032

Crescer e Viver Recebe Pesquisadora Italiana Projeto de Circo Social

Durante três meses o CRESCER E VIVER contará com a participação de uma convidada especial em suas atividades de Circo Social. Trata-se da Cientista Política, Ilaria Bessone, formada em Cooperação e Desenvolvimento pela Faculdade de Ciências Políticas da Universidade de Torino, Itália. Bessone acompanhará as oficinas de Circo Social, tanto no Rio de Janeiro quanto em São Gonçalo, pesquisando sobre o impacto do Circo Social na vida das crianças, adolescentes e jovens do CRESCER E VIVER. A Pesquisa pretender analisar a utilidade e os efeitos da utilização de técnicas artísticas (em particular circenses) no âmbito de projetos de desenvolvimento, como meio de reforço das ligações comunitárias e criação de recursos e fontes de mudança, melhoria das condições de vida, e como meio de desenvolvimento das capacidades humanas fundamentais, em contextos de crise e vulnerabilidade socioeconômica. “Comecei a interessar-me pelo circo social e descobri que no Brasil há uma rede que pratica essas atividades e muitas organizações que trabalham com o circo. Fiquei curiosa em saber mais e achei que o Brasil ia ser o lugar certo para aprender. Entrei em contacto com o Crescer e Viver e percebi que foi a organização que me deu a resposta mais clara e disponível a ajudar-me no meu projeto”, completou.
Antes de entrar para o mundo acadêmico Ilaria Bessone fez Ginástica Artística e acrobática. Em 1998, entrou para um grupo de jovens ex-ginastas de Pinerolo, Itália, organizado por uma de suas professoras que teve a idéia de juntar a acrobacia com o malabarismo, teatro, dança e de fazer espetáculos nas ruas e nos teatros. Em 2005, começou a trabalhar com as crianças ensinando circo nas escolas. Nessa mesma época, Ilaria e seu grupo fizeram apresentações artísticas gratuitas em escolas na Cidade de Kampala, Uganda. No Brasil, Bessone espera aprender mais sobre a pratica do circo social e sobre as atividades do Crescer e Viver. “O CRESCER E VIVER atua em contextos socialmente e culturalmente diferentes do meu, com uma metodologia própria capaz de ensinar-me maneiras diferentes de fazer circo e outras atividades artísticas”, finalizou.


Fonte: Editoria Crescer e Viver (http://www.crescereviver.org.br)

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

SEDUC e Instituto Unibanco promovem Capacitação

O incentivo às parcerias com setores da iniciativa privada pode contribuir para a melhoria da qualidade da Educação pública gaúcha. O argumento foi defendido pela diretora do Departamento Pedagógico da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), Sônia Balzano, durante a primeira capacitação do Projeto Jovem de Futuro, realizada na última segunda-feira, 24, no prédio da Ulbra Saúde, em Porto Alegre. A iniciativa, promovida pelo Instituto Unibanco em conjunto com a Seduc, tem como objetivo qualificar a gestão pedagógica e administrativa de 25 escolas de Ensino Médio da rede estadual.
A formação reuniu cerca de 200 participantes entre diretores, professores, alunos, e representantes dos Círculos de Pais e Mestres. Estavam presentes a chefe de gabinete e secretária adjunta da Educação, Salete Cadore, a superintendente do Instituto Unibanco, Vera Engel, e a coordenadora nacional do Projeto Jovem de Futuro, Isabel Cristina Naches Borges.
Ao reforçar o compromisso da Seduc em melhorar os índices de aprendizagem dos estudantes gaúchos, a secretária adjunta da Educação, Salete Cadore, ressaltou que as parcerias com a iniciativa privada visam, de maneira essencial, qualificar pedagogicamente o ensino público no Estado. “Estamos como uma expectativa muito grande acerca dos resultados que essa parceria possa proporcionar aos nossos alunos”, concluiu.
De acordo com a superintendente do Instituto Unibanco, Vera Engel, o trabalho que será desenvolvido nas escolas estaduais a partir do projeto Jovem de Futuro servirá como referência para outras instituições de ensino. “É aqui, no Rio Grande do Sul, que nós estamos plantando a semente que germinará em todo o país”, observou.
A partir de 2008, 25 escolas de Porto Alegre, Alvorada, Canoas, Gravataí e Viamão com mais de 400 estudantes de Ensino Médio receberão auxílio financeiro e técnico para o desenvolvimento de ações que propiciem a melhoria na qualidade do ensino. Os estabelecimentos escolares serão contemplados com recursos (R$ 100,00 ano/aluno) e terão seus planos de gestão acompanhados por especialistas em Educação, com a meta de melhorar em 50% o desempenho dos estudantes do Ensino Médio no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).
Outras 25 instituições estaduais, que não receberão recursos financeiros, serão monitoradas com avaliações para que sejam estabelecidos parâmetros de controle dos resultados de aprendizagem. O acompanhamento do Projeto Jovem de Futuro será feito pela Seduc com a participação de consultores do Instituto Unibanco e por membros da comunidade escolar.
Fonte Pauta Social

sábado, 22 de setembro de 2007

Especialização em Educação Inclusiva

Especialização em educação profissional e tecnológica inclusiva19 de Setembro de 2007
O Ministério da Educação lançou em 19 de setembro o curso de especialização lato-sensu em educação profissional e tecnológica inclusiva. O curso, a distância, com duração de um ano, terá início em novembro. Serão oferecidas 250 vagas, nos seguintes estados: Pará, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Mato Grosso. Em cada estado serão oferecidas 50 vagas. "A participação plena das pessoas com necessidades especiais na sociedade só se dá com a educação. Por isso, estamos refazendo e renovando políticas e ações voltadas para esse público", destaca a secretária de educação especial, Cláudia Dutra. Serão parceiros do MEC na realização do curso, o Instituto Benjamin Constant, que atende deficientes visuais, e o Instituto Nacional de Educação de Surdos, ambos com sede no Rio de Janeiro. Detalhes podem ser encontrados no portal do MEC.
Revista do Terceiro Setor

FATEC PROMOVE CURSO DE MARKETING NO TERCEIRO SETOR

Aperfeiçoar e qualificar pessoas para a área de gestão no terceiro setor está entre objetivos do curso de extensão Marketing no Terceiro Setor, que inicia na Faculdade de Tecnologia Senac/RS (FATEC) no dia 29 de setembro e encerra no dia 20 de outubro.
Ao concluir as aulas, os alunos saem habilitados para atuar no fortalecimento e gerenciamento de entidades sociais através de estratégias, técnicas e ferramentas aplicadas ao marketing do terceiro setor.As aulas serão ministradas aos sábados, das 9h às 12h, na sede da FATEC, que fica na Rua Coronel Genuíno, 130/ Porto Alegre-RS.
Mais informações pelo telefone: (51) 3022.1044.

Fonte: Pauta Social
Nome: Fernanda Romagnoli
Fone: 51 3284-1970
Empresa: SENAC/RS
Pauta incluída por: Redação

IPDAE LANÇA ORQUESTRA INFANTO-JUVENTIL EM PORTO ALEGRE

Os acordes que vêm do Ipdae (Instituto Popular de Arte-Educação), localizado na Lomba do Pinheiro, na Zona Leste de Porto Alegre, prometem fazer bonito no próximo dia 29 de setembro no Instituto Goethe da Capital. Mas mais que promessas, o que o público porto-alegrense amante da boa música poderá conferir no sábado, a partir das 20h, é o lançamento oficial para o público da Orquestra Infanto-Juvenil da instituição.O Ipdae foi fundado em 1998 e tem por objetivo promover o acesso à leitura, ao conhecimento, ao pensamento, à informação, à música e à história como instrumentos de formação e transformação individuais.
Criada em agosto de 2006, a orquestra pretende disseminar o gosto e a prática da música erudita e folclórica e possui 25 integrantes. São adolescentes entre 10 e 15 anos que empunham, como verdadeiros músicos, aprendizes que são, violinos, viola, violoncelos, flautas transversais e flautas doces (soprano, contralto, tenor e baixo) – todos instrumentos doados.O repertório apresentado no concerto no Goethe, que terá entrada franca, é composto por clássicos da música erudita como a “Marcha”, de Handel, o “Minueto”, de Bach, e peças de outros compositores de igual quilate como Mozart e Telemann.
O conjunto, entretanto, é formado também por folclóricas cantigas infantis: “Nesta Rua”, “Terezinha”, “Os Escravos de Jó” e peças da cultura do Norte e Nordeste brasileiros como “Duas Cirandas” e “Mulher Rendeira”, além de danças renascentistas.A orquestra é coordenada pela regente e violinista Rosângela dos Santos, 41 anos, formada em música pela Ufrgs (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), com cursos de aperfeiçoamento em Santa Maria, Montenegro, Curitiba, Córdoba (Argentina) e Santiago do Chile, onde também ministrou aulas. Rosângela, que atuou em diversas orquestras, atualmente integra a Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro e a Orquestra Sinfônica e de Câmara do Sesc–RS. Ela também acumula as funções de diretora e coordenadora pedagógica da Escola de Música do Ipdae, que deu origem à Orquestra Infanto-Juvenil, em que dá aulas práticas e teóricas uma vez por semana.
Os ensaios do grupo duram mais de três horas – excluindo as horas que os alunos, sozinhos, se dirigem ao Ipdae para tocar entre eles. “Estou revivendo aqui [no Ipdae] o início da minha vida como música, em Montenegro, em uma orquestra semelhante. Fico muito satisfeita de poder passar adiante essa vivência e tornar realidade o sonho dos alunos por meio da arte. Procuramos ensinar não só música, mas valores”, diz Rosângela. A educadora e diretora do Ipdae, Fátima Flores, faz coro: “Nossa orquestra é uma iniciativa de sucesso do Terceiro Setor porque a música é um agente de transformação social, desverticaliza o conhecimento, faz com que os alunos cresçam como cidadãos, como seres humanos. Queremos, por meio disso, abrir possibilidades para que nossos alunos possam fazer escolhas”, explica, ao informar que a Escola de Música da ONG possui atualmente cinco professores músicos e 188 alunos.Para participar da orquestra, que, em 2007, realizou mais de 12 apresentações, entre elas no Palácio Piratini e na comunidade, os integrantes, a maioria moradores da redondeza, precisam estar estudando. A maioria, segundo Fátima, desde que começou na Escola de Música, apresentou melhora no rendimento escolar. O pagamento é mensal, feito por meio de doação de produtos de limpeza: cada um contribui conforme pode.A Escola de Música do Ipdae foi fundada no dia 7 de outubro de 2006 e surgiu a partir da necessidade de sistematizar o ensino de música realizado na ONG. As aulas de música começaram em janeiro de 2005 com o ensino de flauta doce. Em julho, iniciou o canto coral, e, em outubro, do mesmo ano, aulas de flauta transversal e violoncelo. A partir de maio de 2006, entraram para o programa os cursos de violino e viola e, em agosto, foi criada a Orquestra Infanto-Juvenil Ipdae. Entre os objetivos da escola está atuar como agente de transformação na comunidade, onde o aluno, como mediador, leva o conhecimento adquirido para seu núcleo familiar, escolar e social, disseminando saberes e novos horizontes de vida.
Uma vez por mês a escola realiza audições com alunos e promove concertos, todos gratuitos, para a comunidade da Lomba do Pinheiro, a fim de promover o hábito da música. Também mensalmente, os alunos são levados a participar de concertos na capital. A Escola de Música oferece, gratuitamente, cursos de Flauta Doce, Flauta Transversal, Violino, Viola, Violoncelo, Teoria Musical e Canto Coral. O Ipdae Localizado na Estrada João de Oliveira Remião, na Lomba do Pinheiro – uma região densamente habitada, principalmente por famílias de baixa renda –, o instituto mantém a Biblioteca Leverdógil de Freitas, uma sala de acesso à Internet, a Escola de Música, a Orquestra Infanto-Juvenil, o Museu Comunitário da Lomba do Pinheiro e o Memorial da Família Remião.A Biblioteca Leverdógil de Freitas possui um acervo de 28 mil publicações, 2,7 mil sócios e, além de empréstimos de livros, promove diversas atividades, tais como: Hora do Conto, Concurso Literário, Oficina de Leitura, Gincana da Leitura, Curso de Xadrez, Varal da Poesia e Passeios Culturais.
O Museu Comunitário da Lomba do Pinheiro e o Memorial da Família Remião têm como foco de atuação resgatar a história local, valorizando as narrativas e memória da comunidade, além de oferecer para as escolas oficinas de Educação Patrimonial e Educação Ambiental.
Mais informações podem ser obtidas por meio do site www.ipdae.org e pelo telefone (51) 3028-2049.
Serviço: Lançamento da Orquestra Infanto-Juvenil do Ipdae
Quando – Sábado, 29
Onde – No teatro do Instituto Goethe (Rua 24 de Outubro, 112), em Porto Alegre
Horário – 20h, com entrada franca

Fonte: Pauta Social
Nome: Tatiana Bandeira
Fone: 51 8178-6957
Empresa: Bandeira & Hennrich Comunicação
Pauta incluída por: Tatiana Bandeira

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Informes

Olá pessoal!

1) O Colégio Palotti abriu inscrições para Curso de Artes Gráficas.
O curso é recomendado, gratuito e será ministrado à noite.
Informações: 3341-3055

2) Há vagas no Centro de Convivência do Idoso
São oferecidas 5 refeições diárias.
Idosos com autonomia de locomoção.
Informações: 3361-5664

3) Há vagas na COESO para crianças de 06 a 14 anos.
Turnos manhã e tarde. Informações: 3361-1003

4) Conselho Tutelar - Eleições 2007
Dia 30 de setembro - das 8h às 17h - domingo - passe livre
Informações: 3289-3706 / 156
www.portoalegre.rs.gov.br/conselhos_tutelares

Publicidade gratuita para ONGs e OSCIP no Google

O Google Grants é o único programa de publicidade gratuita destinado a organizações sem fins lucrativos no Brasil que atendam às suas exigências e que sejam certificadas como Organização Não Governamental (ONG) ou Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) pelo Ministério da Justiça ou por outra entidade municipal ou estadual competente (conforme o caso), como entidade filantrópica pelo Instituto Nacional de Seguridade Social, ou que sejam registradas como associação ou fundação no Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas competente. O Google Grants coloca as vantagens do seu principal produto publicitário, o Google AdWords, à disposição de organizações sem fins lucrativos que busquem informar e engajar simpatizantes utilizando-se do meio eletrônico. O Google Grants já concedeu anúncios Adwords a centenas de organizações sem fins lucrativos qualificadas, cujas missões variam desde a proteção dos animais à alfabetização, da assistência ao menor abandonado à promoção de programas educacionais de combate ao HIV.Os beneficiários do Google Grants utilizam a publicidade gratuita do AdWords no Google.com.br para fins de conscientização e para aumentar o tráfego de seus sites.Três de nossos beneficiários atingiram os seguintes resultados:
• A Room to Read, organização de educação infantil no Vietnã, Nepal, Índia e Camboja, atraiu um patrocinador que clicou no seu anúncio do AdWords. O patrocinador doou fundos para ajudar a financiar a educação de 25 meninas nos próximos 10 anos.
• O site de e-commerce US Fund para o UNICEF, o Shop UNICEF, teve um aumento de 43% nas vendas em comparação ao ano anterior.
• A CoachArt, que trabalha por meio de programas de arte e esporte com crianças portadoras de doenças e que correm risco de vida, obteve um aumento de 60% a 70% no seu número de voluntários.Cada organização que for beneficiada com o Google Grants recebe, pelo menos, 3 meses de publicidade gratuita.Saiba mais sobre o Google Grants:
Detalhes do programa: quem se qualifica e como se inscrever
FAQ do programa:perguntas mais freqüentes
Google AdWords: diretrizes e dicas para otimizar os resultados do seu anúncio

CIEE - RS Firma parceria com o Governo do Estado do RS

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE-RS) firmou contrato com a Secretaria da Justiça e do Desenvolvimento Social. A ação irá beneficiar 600 estudantes de ensino médio cadastrados no Sistema Nacional de Emprego (SINE). Palestras, seminários e cursos de desenvolvimento profissional serão oferecidos pelo maior Centro de Integração do Rio Grande do Sul, em parceria com o governo do Estado.
Na ocasião, foi lançado o Plano Nacional de Qualificação Profissional do Rio Grande do Sul, para o qual serão aportados R$ 4 milhões, via Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
A execução dos cursos está prevista para iniciar em outubro, totalizando 456 turmas, em todo o Estado, e atingindo mais de 7 mil trabalhadores.
Fonte Pauta Social

Inclusão Digital - ULBRA

Jovens entre 16 e 24 anos de Canoas/RS terão acesso a cursos gratuitos de informática. Na última terça-feira, 18, a Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) abriu inscrições para o projeto Inclusão Digital – Telecentros, desenvolvido pela Pró-reitoria de Desenvolvimento Institucional e Comunitário (Prodic). Os interessados deverão procurar o telecentro mais próximo de sua casa nos bairros Guajuviras, Mathias Velho, Niterói e Rio Branco. Nesta sexta-feira, 21, às 14h, será inaugurado o telecentro do bairro Guajuviras, instalado na Associação de Moradores do Conjunto Habitacional Guajuviras. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3462.9564.
No espaço dos telecentros, a Ulbra irá disponibilizar 1,9 mil vagas, distribuídas em três módulos, para cursos de informática. O Módulo I visa à capacitação, oferecendo 1.710 vagas. O Módulo II será um curso intermediário com uso dos recursos de pesquisas na web, e-mail e construção de páginas web, com 180 vagas. O sorteio das vagas para essas modalidades acontecerá em 28 de setembro, às 17h, nos telecentros. Para participar nessas modalidades, é preciso estar cursando no mínimo a 5ª série. No ato da inscrição, devem ser apresentados comprovantes de residência, RG e cópia de certificado escolar.
Já o terceiro Módulo (35 vagas) irá abordar a plataforma Java para propiciar empregabilidade no mercado de tecnologia de informação. Em virtude da qualificação específica, este módulo irá exigir prova seletiva, que ocorrerá no dia 29 de setembro, às 8h30 em Canoas.
Telecentros
Associação dos Moradores do Conjunto Habitacional Guajuviras
Rua Boqueirão 3000 Fone: (51) 3032.5240
Paróquia Imaculada Conceição
Rua Ana Nery, 1309 –Fone: (51) 3466.7549
Associação dos Moradores da Vila Getúlio Vargas
Rua Erechim, 565 Fone: (51) 3428.2571
Sociedade Recreativa Acadêmicos de Niterói
Parque Jorge Lanner, 60 Fone: (51) 3475.3612

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

VONPAR ABRE INSCRIÇÕES PARA UNIDADE DO PROJETO PESCAR 2008

A Vonpar, uma das empresas franqueadas da Fundação Projeto Pescar, está com as inscrições abertas para a sexta turma do seu programa ‘Projeto Pescar - edição 2008’. Jovens de ambos os sexos, que tenham entre 16 e 19 anos, estejam cursando ou tenham concluído o Ensino Médio e possuam baixa renda familiar podem concorrer.
As inscrições acontecem de 1° a 19 de outubro de 2007, pelo site da Vonpar (www.vonpar.com.br) ou na sede da empresa (Av. Assis Brasil,11.200- Porto Alegre/RS), das 8h30 às 12h e das 14h às 15h.São oferecidas 16 vagas para formação nas áreas de Vendas e Processos Industriais. Com 900 horas/aula, o curso acontece de março a novembro e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 15he15min.
A Vonpar oferece transporte, alimentação, uniforme, material didático e encaminhamento para o mercado de trabalho. Mais informações pelo SAC da Vonpar: 0800-6428989.
O Projeto Pescar está presente em 97 empresas, em 11 estados brasileiros (e o Distrito Federal), além da Argentina e do Paraguai, capacitando mais de 1,7 mil jovens por ano em todo o Brasil.
Mais dados no site da Fundação Projeto Pescar: www.projetopescar.org.br.
Fonte: Pauta Social - http://www.pautasocial.com.br
Pauta Social é uma publicação da Central de Jornalismo e Comunicação, empresa associada à Coletiva Comunicação e Marketing

2° Encontro Gaúcho do Terceiro Setor

O Encontro Gaúcho do Terceiro Setor é mais uma iniciativa da Fundação Semear. A primeira edição, realizada em 2006, reuniu importantes nomes do terceiro setor, que discutiram temas como: captação de recursos, legislação, economia solidária, geração de renda, atuação em redes, entre outros, e contou com a presença de 302 pessoas no primeiro dia do evento e 287 participantes no segundo dia.

O Encontro Gaúcho do Terceiro Setor é um espaço para discussões sobre a atuação do terceiro setor, sua prática e sua realidade, buscando, com isso, contribuir para o desenvolvimento social do Estado.

A abertura oficial do evento será no dia 26 de setembro, com pronunciamento de autoridades, conferência, apresentação artística e coquetel de integração. No dia 27, haverá um dia inteiro de discussões, debates, apresentação de cases e palestras técnicas. O evento está estruturado em conferências, painéis e palestras.

Objetivos
· Debater as questões sociais atuais.
· Proporcionar às organizações do terceiro setor o acesso a informações que qualificarão a gestão e a atuação profissional das instituições.
· Orientar sobre o papel dos setores na prática da responsabilidade social.
· Propor novas formas de atuação no terceiro setor.
· Contribuir para o desenvolvimento social do Estado.
· Discutir o impacto das ações sociais.
· Possibilitar divulgação e a apresentação de experiências de sucesso de organizações sociais gaúchas.

Público Alvo
Profissionais do terceiro setor (fundações, associações, institutos), profissionais de empresas, profissionais liberais e estudantes.

Local, Data e Estrutura do Evento
26 de setembro de 2007, das 19h às 22h
27 de setembro de 2007, das 8h 30min às 18h
Local: Hotel Swan Tower, em Novo Hamburgo.
Av. Dr. Maurício Cardoso, 303 - Hamburgo Velho
Novo Hamburgo – RS - CEP 93510-250.

Maiores informações:
http://www.encontroterceirosetor-rs.com.br/

terça-feira, 18 de setembro de 2007

42 Expositores coloriram a Praça Júlio Andreatta

42 Expositores coloriram a Praça Júlio Andreatta na 1ª. FeirArte - Feira de Artes e Artesanato

A Associação Benjamin Constant, em conjunto com a Associação dos Amigos do 4º Distrito, promoveu no dia 15/09, das 10h às 18h, a 1ª. FeirArte - Feira de Artes e Artesanato, na Praça Júlio Andreatta (Av Benjamin Constant, 1135 - entre a Av São Pedro e Ernesto da Fontoura).
42 expositores, entre artesão e artistas plásticos, coloriram a Praça Júlio Andreatta com: quadros, pinturas, cachepôs, toalhas, tapetes, bijuterias, utensílios domésticos, bolsas, sandálias, chinelos, vasos, plantas, imagens religiosas, além de deliciosos pastéis feitos na hora.
Já está agendada nova data para outras feiras: todas as quintas, das 14h às 20h, a partir de 11 de outubro indo até 20 de dezembro.
A iniciativa das Associações Benjamin Constant e Amigos do 4o. Distrito, em parceria com as secretarias de Indústria e Comércio, Meio Ambiente, Governança Local, da Juventude, Direitos Humanos e Segurança Urbana, pretende estimular a Economia Solidária, oportunizar espaço para novos talentos artísticos, e ao mesmo tempo revitalizar a Praça e a Região de seu entorno.
Além dos produtos, os visitantes puderam assistir a encenação da peça "Criando Causos da Salamanca do Jarau", do Grupo Companhia Ameixa Fúcsia e programação musical do Centro Cultural Oficineiros.
"A realização da 1a. FeirArte é uma ação de Governança Solidária Local, pois contamos com o envolvimento da comunidade, o apoio dos empresários e suporte das secretarias municipais", disse Silvio Belbute, presidente da ABC.

Veja as fotos>>>

Empresas investem em programas estruturados

A filantropia empresarial, marcada por ações pontuais para apoiar projetos ou entidades assistenciais, começa a dar espaço para programas mais estruturados de responsabilidade social.
Nas grandes empresas, departamentos já atuam especificamente para prospectar e desenvolver projetos conectados com os negócios e alinhados com as demandas da sociedade. Nas pequenas e médias, essa visão também começa a se tornar uma realidade, muitas vezes impulsionada pelos exemplos de sucesso das grandes corporações. "Há um amadurecimento entre as empresas brasileiras em relação à responsabilidade social. E esse é um caminho sem volta", afirma a gerente de assuntos corporativos da Souza Cruz, Simone Veltri.
No ano passado, a companhia investiu R$ 190 milhões em ações de responsabilidade social corporativa. São cerca de 30 projetos, divididos entre as áreas de educação, meio ambiente e desenvolvimento social. A empresa participa da 2ª Mostra RS - Responsabilidade Social, que acontece até o próximo sábado, no Praia de Belas Shopping. O evento reúne instituições ligadas à esse tema, órgãos governamentais, ONGs e entidades empresariais.
A responsabilidade social prevê a realização de ações estruturais e sistemáticas, alinhadas com o negócio da empresa. Para Simone, será cada vez mais uma tendência irreversível a adesão a iniciativas que gerem valor na relação das empresas com as comunidades nas quais estão inseridas. "Já foi o tempo em que as empresas achavam que podiam tirar tudo do ambiente sem dar nada em troca", observa. Para ela, sensibilizar as lideranças é ponto-chave para a implementação de projetos de sucesso.
Entre as iniciativas realizadas atualmente pela Souza Cruz está o Responsabilidade Social Aqui Tem, O futuro é agora e Educar. Atuar no segmento fumageiro exige alguns cuidados com a comunicação, tanto na publicidade como em projetos institucionais. "Comercializamos um produto lícito e que passa por todos os critérios de qualidade, mas sabemos que existe um risco associado", diz. Por isso, explica, a empresa opta por se comunicar com adultos - acima de 18 anos.
Fonte: Jornal do Comércio - por Patricia Knebel - 14/9/2007

Site permite emprestar dinheiro pelo mundo

NOVA YORK - Um novo serviço na internet pode ajudar a estimular o microcrédito.
Estimulado pelo Nobel concedido no ano passado a um homem cujo apelido é "banqueiro dos pobres", o microcrédito a pequenas empresas dos países mais pobres do mundo está florescendo, à medida que as pessoas descobrem que podem operar como um mini Banco Mundial.
E não é preciso ser Bill Gates para participar. Um site de microcrédito permite que pessoas emprestem quantias a partir de 25 dólares a pequenas empresas do Vietnã ao Quênia, e vem atraindo tanto interesse dos potenciais fornecedores de recursos que sua estrutura mal consegue acompanhar a demanda.
A Kiva.org, descrita por seu fundador, Premal Shah, como "o eBay do microcrédito", vem operando há dois anos, mas registrou alta elevada de tráfego depois que Muhammad Yunus, economista de Bangladesh, recebeu o Prêmio Nobel da Paz no ano passado por suas atividades à frente do Grameen Bank.
"Do dia para a noite o volume de tráfego em nosso site quase dobrou", disse Shah sobre o impacto do Nobel. Ele mencionou também que outras citações recentes, como a do ex-presidente Bill Clinton em seu livro "Giving", causaram novas altas de interesse, o que levou o site a procurar uma ampliação no número de empresas interessadas em obter empréstimos, a fim de distribuir todo o dinheiro que se tornou disponível.
O Kiva trabalha com dezenas de grupos de microcrédito que selecionam empresas que precisam de empréstimos --de uma mulher hondurenha que vende cosméticos a uma tecelagem cambojana ou uma oficina mecânica em Gana.
"Estamos oferecendo uma plataforma online para conectar o pessoal que trabalha em campo com microcrédito às pessoas de Des Moines, Iowa, ou alguém em Londres", disse Shah à Reuters.
Segundo ele, o usuário médio fornece recursos a quatro empresas no site, emprestando 25 dólares a cada uma, e até agora o total emprestado foi de 11 milhões de dólares, sempre a juro zero. Ele espera emprestar 100 milhões de dólares nos próximos três anos.
O site exibe fotos e planos de negócios de pessoas que estão em busca de empréstimos com valores que variam de 75 a mais de mil dólares. Em um sistema semelhante ao do setor de comércio online, as organizações de microcrédito são classificadas com base em seu desempenho de pagamento de empréstimos, tempo de operação e montante total obtido.

Fonte: Reuters

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Instituto Sadia abre inscrições para projetos sociais

Estão abertas até o dia 8 de outubro as inscrições para o processo seletivo de projetos para apoio do Programa de Investimento Social do Instituto Sadia. Serão apoiadas atividades que tenham foco no desenvolvimento local, que se enquadrem nos seguintes critérios: estrutura organizacional, inovação, estratégia e impacto no desenvolvimento local. O programa dará prioridade a ações desenvolvidas em Jundiai (SP); Uberlândia (MG); Várzea Grande, Campo Verde e Lucas do Rio Verde (MT); Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Toledo, Ponta Grossa e Paranaguá (PR); Duque de Caxias (RJ); Três Passos (RS), Chapecó e Concórdia (SC); e Brasília (DF). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 2113-1643 ou pelo e-mail processoseletivo@institutosadia.org.br.
Fonte: Instituto Sadia

Prêmio Jovem Cientista - Educação para reduzir desigualdades sociais

Até o dia 30 de novembro, estudantes do ensino médio, superior e graduados de todo o país que desenvolvem pesquisas sobre educação podem se inscrever no XXIII Prêmio Jovem Cientista – uma parceria entre CNPq, Grupo Gerdau, Eletrobrás e Fundação Roberto Marinho. Este ano, a iniciativa terá linhas específicas. Para as categorias Graduado e Estudante do Ensino Superior, os temas a serem abordados incluem os mecanismos de inclusão social, a popularização da ciência, o papel da educação na superação da violência e a educação como instrumento do antidesperdício de energia. Para a categoria Estudante do Ensino Médio, as linhas abrangem a relação entre educação e desigualdade, mecanismos de inclusão, popularização da ciência e tecnologia, a relação da educação com o ambiente e a saúde e a educação na superação da violência e pobreza. Serão distribuídos R$ 150 mil em prêmios. As inscrições podem ser feitas pelo site www.jovemcientista.cnpq.br. Outras informações pelos endereços premios@cnpq.br ou fundação@frm.org.br.
Fonte: Revista do Terceiro Setor

Semana da Consciência Negra recebe Projetos

Os interessados em apresentar projetos para a XVI Secon (Semana da Consciência Negra), que se realizará em Porto Alegre, em novembro, devem fazê-lo entre dia 17 de setembro e 10 de outubro 2007.
Os projetos propondo atividades deverão ser entregues no Protocolo Central da prefeitura (Rua Sete de Setembro, 1123, 2º andar, fone 32275288). As informações sobre os critérios de seleção poderão ser solicitadas na Coordenação de Direitos Humanos da SMDHSU, na Rua João Alfredo, n° 607, 2º andar, sala 304, ou pelos telefones (51) 32897049, 32897017, e também na Descentralização da SMC, na Avenida Presidente João Goulart, 551, 6° andar da Usina do Gasômetro, telefone 32126373.
Interessados podem também acessar os e-mails leticianunez@sdhsu.prefpoa.com.br ou lorecinda@sdhsu.prefpoa.com.br

sábado, 15 de setembro de 2007

“Ações responsáveis para um mundo melhor” é tema do 2º Encontro Gaúcho do Terceiro Setor

O 2º Encontro Gaúcho do Terceiro Setor, que tem com tema “Ações responsáveis para um mundo melhor”, acontece nos dias 26 e 27 de setembro, no Hotel Swan Tower, em Novo Hamburgo.

Para possibilitar a participação de todos os interessados, o valor de investimento, até sexta-feira, 14, é de R$ 30,00 para organizações do terceiro setor, estudantes, empresas mantenedoras da Fundação Semear, promotora do evento, e associadas da ACI NH/CB/EV e R$ 60,00 para empresas, pessoas físicas e órgãos públicos. A partir de sábado, 15, o investimento é de R$ 50,00 para organizações do terceiro setor, estudantes, empresas mantenedoras da Fundação Semear e associadas da ACI NH/CB/EV e R$ 90,00 para empresas, pessoas físicas e órgãos públicos.

O evento é um espaço para discussões sobre a atuação do terceiro setor, sua prática e sua realidade, buscando, com isso, contribuir para o desenvolvimento social do Estado. A programação conta com painelistas que são referências nacionais no terceiro setor e que discutirão questões como desenvolvimento sustentável, avaliação e monitoramento de projetos sociais e sustentabilidade nas organizações sem fins lucrativos.

Para a coordenadora executiva da Fundação Semear, Helena Thomé, "o Encontro é uma oportunidade para discutir e apontar caminhos para viabilizar ações e avaliar o impacto social produzido. Além disso, proporciona às organizações do terceiro setor o acesso a informações que qualificam a gestão dessas entidades". O Encontro é dirigido para profissionais do terceiro setor (fundações, associações, institutos), profissionais de empresas, profissionais liberais e estudantes.

As inscrições podem ser feitas pelo telefone (51) 2108 2108, ramais 2193 ou 2162, pelo site http://www.encontroterceirosetor-rs.com.br/, ou diretamente na Fundação Semear.

Fonte: Pauta Social

Inscrição para apoio a projetos do Instituto C&A encerra no dia próximo dia 19

A inscrição para a seleção de projetos sociais pelo Instituo C&A está aberta até quarta-feira, 19. Podem participar organizações da sociedade civil que promovam educação de crianças e adolescentes e localizadas em cidades onde a C&A, tem loja.

As organizações interessadas devem preencher o formulário de apresentação de projetos disponível no site http://www.instittutocea.org.br/ e encaminhar proposta pelo correio conforme orientaçãodo edital.

As solicitações de apoio deverão estar vinculadas a projetos de promoção da leitura, que se dediquem à qualificação do ambiente e das práticas. O orçamento é de até R$ 60 mil e prazo de execução de 12 meses (a partir de março de 2008). O recurso deve contemplar aquisição de acervo de livro e equipamento para biblioteca, organização do espaço de leitura e pagamento de pessoal.

Fonte:

Seminário "Literatura Para Além da Obrigação" acontece em Porto Alegre

A Secretaria Municipal da Cultura promove, a partir do dia 29 de setembro, no Centro Municipal de Cultura (Av. Érico Veríssimo, 307) o Seminário Literatura Para Além da Obrigação. Essa iniciativa - que chega à sua quarta edição - tem por objetivo abordar as leituras obrigatórias para a realização da prova de literatura do vestibular da UFRGS. Porém o enfoque é superar o caráter meramente utilitário dessas leituras, dando oportunidade ao público interessado uma outra percepção desses textos que são alguns dos mais importantes da literatura de língua portuguesa.

O evento recebe oapoio dos Programas de Pós-Graduação da UFRGS e da PUCRS. O seminário acontece até o dia 10 de novembro, sempre aos sábados, das 8h30 às 12h, num total de cinco encontros.

As inscrições estão abertas na Ilhotas Livros do Centro Municipal de Cultura. O valor da inscrição é R$ 20,00, com desconto de 50% para estudantes, professores e maiores de 60 anos, mediante comprovação. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 3289-8072 ou 3289-8073.

Fonte: Carla Corrêa

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Associação Benjamim Constant na TV Ulbra

video

José Silvas, apresentador do programa Atividade da TV Ulbra, entrevistando, no último dia 11, o presidente da Associação Benjamim Constant, Sílvio Belbute.

Além de falar sobre a criação da Associação, Sílvio Belbute, presidente da ABC, apresenta a programação de 2007. Confira!

Saiba mais sobre a ABC aqui.

Atividades no Jardim Botânico dia 16 setembro

A ONG Cataventus estará no dia 16 de setembro no Jardim Botanico das 11h às 17h numa grande parceria com Atividades vivenciais (danças circulares indígenas, dança dos povos, atendimento na área da saúde (Reiki, avaliação e trato da coluna, yoga, plantas medicinais), palestras (quiropraxia, hipinose, astrologia, ciclo da natureza)oficinas (ecoarte, ikebanaterapia, recilagem, origami), trilha orientada(às 14h) e contação de historias

Concurso de Contos

O IPDAE está realizando o 6º Concurso de Contos. As inscrições vão de 1º de setembro até 23 novembro e o resultado saíra dia 08 de dezembro.
A premiação será a entrega de certificado no IPDAE e os contos serão publidados em uma coletânea.
Informações: www.ipdae.org

Arteterapia

A Fundação de Proteção Especial do Rio Grande do Sul, vinculada à Secretaria da Justiça e do Desenvolvimento Social, firmou convênio com o Centro Universitário Feevale. A parceria permitirá o desenvolvimento da arteterapia para atender 98 crianças e adolescentes no Núcleo de Abrigos Residenciais de Ipanema. participaram do ato de formalização da parceria o secretário Fernando Schuler, o reitor Ramom Fernando da Cunha e a presidente da Fundação, Marlene Sauer Wiechoreki.